Ministério do Desenvolvimento Regional avalia propostas para melhoria de programa habitacional

Ministério do Desenvolvimento Regional avalia propostas para melhoria de programa habitacional

Ministério do Desenvolvimento Regional avalia propostas para melhoria de programa habitacional 777 437 Frente Brasileira de Habitação Popular

O secretário nacional de Habitação, Celso Matsuda, recebeu em seu gabinete na quinta-feira (07), a comissão da Frente Brasileira de Habitação Popular (FBHP). Nesse momento de reestruturação e ajustes de ordem financeira, o presidente da Frente, Pablo Said, apresentou 10 sugestões de aperfeiçoamento e intensificação para o programa de habitação Minha Casa Minha Vida. O secretário se dispôs a fazer uma análise das propostas e se propôs em auxiliar na luta por moradia digna aos brasileiros.

Matsuda elencou algumas sugestões possíveis de serem executadas, mas que ainda irão passar pelo crivo da casa, como: criar termos de parceria e cooperação técnica com Entidades Habitacionais de representatividade nacional, para contratação de Unidades Habitacionais (U.H´s) no âmbito do Plano Nacional Habitação Rural (PNHR) e Minha Casa Minha Vida (MCMV-E); e fortalecer a estabilidade do Programa MCMV, com o equacionamento entre metas físicas anuais, contratações e gestão de entrega das U.H`s, garantindo que seu objetivo seja atingido conforme Lei Federal 11.977/2009.

Para Pablo, as propostas de aprimoramento do Programa MCMV servem como vetor de retomada do crescimento econômico, desenvolvimento regional, geração de emprego, renda e inclusão social.

O déficit habitacional do Brasil é de 7,757 milhões de moradias, segundo estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV). O dado é de 2015, o mais recente, e tem como base a Pesquisa Nacional Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), do IBGE.

Fonte: Portal Brasil NBN – Nos Bastidores da Notícia | Publicado em: 13/02/2019

SBS Q. 02 nº 12 BL E SL 206 - Sobreloja parte: Z19. Asa Sul, Brasília – DF | CEP: 70070-120 (61) 3044-1643
Back to top